Gabriel pediu desculpa ao plantel pela sua expulsão logo após o jogo

Ao minuto 77 do encontro com o FC Porto, de anteontem no Dragão, Gabriel recebeu ordem de expulsão. Viu dois cartões amarelos, e consequente vermelho, por agarrar e depois empurrar Otávio, médio brasileiro do FC Porto.No relvado, viu-se imediatamente um jogador do avesso, fora de si, irado com a decisão e com o adversário, fazendo gestos e dirigindo palavras a Jorge Sousa. Gabriel teve de ser afastado do foco de confusão, entretanto gerado, por Andreas Samaris, que depressa percebeu que era preciso tirar o companheiro de equipa dali, ou o caso poderia tornar-se ainda mais grave.

Gabriel, 25 anos, dirigiu-se então para o balneário, desconsolado, e à medida que foi ficando com a cabeça mais fria consciencializou-se de que poderia haver consequências. Temeu, então pelo resultado. Assim que se reuniu com os companheiros, sabe também A BOLA, pediu desculpa pela expulsão e assumiu a responsabilidade pelo erro, recebendo logo ali no Dragão o apoio de toda a gente, pois o Benfica vencera, afinal, o clássico e importava sobretudo deixar o estádio, saborear o resultado e rumar a Lisboa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.