Ferro “fundido” ao Benfica por 100 milhões de euros

O defesa-central do Benfica Ferro renovou contrato com o Sport Lisboa e Benfica até 2023. À BTV, admitiu sentir-se orgulhoso e só pretende corresponder da melhor maneira à flor da relva.

É um sentimento de orgulho chegar até aqui. Fico agradecido ao Clube pelo que tem feito por mim. É uma responsabilidade acrescida e quero retribuir da melhor maneira a aposta feita em mim”, afirmou.

O jovem, de 21 anos, formado no Seixal está há oito épocas no Clube e revelou o que sentiu nos primeiros dias de águia ao peito.

“Quando vim para o Clube não vinha com expectativas… vinha para ver o que ia acontecer. Claro que o sonho comanda a vida, mas nunca coloquei essa expectativa em mim. Com o passar do tempo, senti que o Clube acreditava e apostava em mim”, recordou Ferro.

Ferro

O camisola 97 estreou-se diante do Sporting em jogo da Taça de Portugal. O momento em que entrou para o lugar de Jardel foi o cumprir de um sonho.

“Sempre trabalhei para isso e continuo a trabalhar. Chegou e fico agradecido por isso. Agora é continuar para atingir os objetivos pessoais e do Clube”, frisou.

“Nem dá para pensar em muita coisa. É a minha vez, é a minha oportunidade e vou provar a razão para ter estado cá estes anos todos a trabalhar. Foi trabalhar oito/nove anos para aquele momento, para aquele minuto. Depois, as coisas acabam por correr dentro da normalidade”, lembrou, ao falar do que sentiu quando percebeu que se ia estrear pela principal equipa do Benfica.

Ferro

Na estreia houve alguém cujas palavras marcaram o jovem defesa-central. Ferro revelou quem.

“Lembro-me das palavras do míster Pietra: ‘os primeiros dois minutos vão-te custar, mas depois vai entrar no ritmo do jogo’. De facto, houve ali uma paragem passados dois minutos da minha entrada e ele chamou-me e disse: ‘pronto, já passou’. Essas palavras marcaram-me e vão ficar para sempre”, agradeceu.

O paradigma do Benfica é apostar na formação. Ferro não fica indiferente a essa postura do Clube e assegura que hoje é mais fácil acreditar que é possível chegar à equipa principal.

“Vi colegas que estão comigo desde os Iniciados. Enche-me de orgulho. Com o passar dos anos a aposta tem sido cada vez maior e melhor. Olhar para o Rúben [Dias], para o Renato [Sanches], que são da minha geração, é um orgulho e faz-nos acreditar que podemos chegar lá”, admitiu.

Ferro

Ferro marcou na estreia a titular, com o Nacional (10-0) e confessou o que sentiu nesse momento.

“É incrível! E depois ouvir as pessoas a gritar o nosso nome. Não dá para descrever a emoção. Nem sou muito de festejar…”, descreveu.

Continuar a ajudar o Clube a crescer”, foi o desejo do futebolista para o futuro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.