Voleibol vence a equipa do Famalicence no regresso de Hugo Gaspar

O Benfica venceu, este domingo, o Famalicense, por 3-0, em jogo da 24.ª jornada do Campeonato Nacional de voleibol, o segundo de um fim de semana de ronda dupla.

Inicialmente previsto para as 17h00, o encontro acabou por começar com mais de uma hora de atraso devido a problemas na deslocação do adversário de Famalicão. Ainda assim, e apesar do atraso, o Benfica, num gesto de fair-play, fez questão de disputar o jogo.

Após uma boa entrada do Famalicense – que conquistou os dois primeiros pontos –, o Benfica acertou os processos de jogo e, ao primeiro time out pedido pelo técnico Carlos Pinto, seguia com uma vantagem de cinco pontos (13-8).

[1-0] O conjunto orientado por Marcel Matz, líder da tabela classificativa, mostrou superioridade e, no Pavilhao n.º 2 da Luz, diante do 9.º classificado, fechou o primeiro parcial com uma distância de 16 pontos. [1.º SET: 25-9]

Depois de uma paragem no início do segundo parcial por motivos técnicos, o Benfica arrancou a todo o gás, cavando uma confortável vantagem frente a um Famalicense em dificuldades.

[2-0] O segundo parcial ficou marcado pelo regresso do capitão de equipa, Hugo Gaspar, meses depois de ter contraído uma lesão. Um set fechado rapidamente pelos encarnados com a mesma diferença do primeiro[2.º SET: 25-9]

[3-0] O terceiro parcial foi o mais disputado da partida. Apesar de não ter estado em causa o comando do Benfica, o Famalicense conseguiu aproximar-se mais do que nos dois sets anteriores. Uma aproximação que não ameaçou a formação encarnada, que teve sempre a partida controlada. [3.º SET: 25-16]

Formação inicial do Benfica: Zelão, Marc Honoré, Nuno Pinheiro, Ivo Casas, Fred Winters, André Lopes e Theo Lopes.

Marcel Matz

“Os jogadores entraram muito determinados”

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Foi um jogo diferente. Abrimos mão de uma questão de regulamento, que só previa 15 minutos de tolerância para esta situação [atraso do adversário]. Isso aumentou o nosso compromisso com a vitória, para não colocar em risco alguma boa ação ou um problema futuro no campeonato. Os jogadores entraram muito determinados em cumprir o objetivo e foi o que aconteceu.”

“Hoje era um jogo de alguma movimentação diferente e estou feliz porque o rendimento de todos foi bom. Espero que ele [Hugo Gaspar] consiga, à medida que for ficando mais perto dos 100%, um bom rendimento para discutir a posição com o Theo Lopes. Uma discussão saudável e que a equipa ganhe com isso.”

Hugo Gaspar (jogador do Benfica): “Saudades temos sempre. Mas às decisões, às vitórias, são aqueles momentos aos quais eu quero voltar o mais rápido possível. Foi o regresso, é verdade, mas ainda longe da forma que gostaria. Foi o primeiro passo, vamos ver, com calma.”

“Um jogo muito conturbado no início. Aquecemos e atuámos para um jogo normal, mas isso acabou por não acontecer. O Famalicense tem feito um bom campeonato, não é o que mostrou aqui. Nós cumprimos o que tínhamos de fazer, que era ganhar o jogo.”

Na próxima jornada (25.ª), o Benfica recebe o Castêlo da Maia Ginásio Clube, numa partida agendada para as 18h00 de sábado (2 de fevereiro).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.