Quando são os “nossos” que desvalorizam as nossas conquistas

É dos nossos que não se espera que as nossas vitórias trabalhadas e suadas, sejam desvalorizadas. António Simões, campeão europeu pelo Benfica e membro dos magriços que tanto deliciaram os portugueses no Mundial de 66 em Inglaterra, fala sempre no plural, na sua crónica habitual no “Observador“.

A goleada imposta ao Nacional da Madeira neste domingo, no Estádio da Luz, é para Simões um motivo para reflexão. Não deve acontecer nos dias que correm. Como se fosse algo de habitual na nossa Liga. Mas quantos 10-0 tem ele visto no nosso futebol ultimamente? Pois claro. Os nossos rivais irão fazer igual? Não me parece. A Premier League irá fazer uma “reflexão” sobre a goleada do Manchester City sobre o Chelsea por 6-0? Também não me parece. Este senhor arrisca-se a queimar nos seus últimos anos de vida, toda a glória e estatuto conquistado no passado. Tudo apenas porque abre a boca para dizer senilidades que devem apenas ser ditas no privado, e ainda assim a poucos.

O mesmo António Simões, presente num outro 10-0 na sua altura, sobre o Seixal para o Campeonato Nacional, foi esquecido, tão frequentes que estes resultados ocorrem.

Nuno Alexandre Costa

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.