Janice e Fifó marcam na goleada de Portugal sobre a Hungria

A Seleção Nacional feminina A de futsal venceu esta sexta-feira a Hungria, por 9-0, no primeiro de dois encontros de preparação entre as duas equipas. Um golo madrugador de Janice Silva abriu caminho para nova exibição convincente da formação portuguesa, a poucos dias do arranque do Europeu.

A rapidez de processos da equipa orientada por Luís Conceição surpreendeu, desde os instantes iniciais, a formação magiar, de tal modo que, aos sete minutos, Portugal apresentava uma vantagem de quatro golos no marcador.

Além de Janice Silva, marcaram no triunfo português Pisko, Fifó, Carla Vanessa, Cátia Morgado, Lídia Moreira (duas vezes) e uma jogadora húngara, na própria baliza.

A partida entre portuguesas e húngaras decorreu no Pavilhão Multiusos de Gondomar, onde Portugal vai disputar a primeira edição do Europeu de Futsal Feminino, entre 15 e 17 de fevereiro.

A armada lusa, recorde-se, vai encontrar a Ucrânia nas meias-finais, marcadas para as 21h45 da próxima sexta-feira, e com transmissão televisiva em direto na RTP1.

Na preparação do Campeonato da Europa, Portugal já realizou seis jogos de preparação: defrontou a Espanha – derrota por 4-3 e vitória por 2-1 em Tenerife -, jogou com a Rússia na Nazaré – triunfos por 1-0  e 4-0, e goleou a Eslovénia no Funchal – por 11-0 e 13-0

O reencontro entre Portugal e Hungria acontece este sábado, à mesma hora e no mesmo local.

Ficha de Jogo:
Pavilhão Multiusos de Gondomar
Jogo de Preparação para o Euro-2019 de futsal feminino
PORTUGAL 9 – 0 HUNGRIA (6-0 ao intervalo)

Árbitros: Eduardo Coelho e Cristiano Santos
2.º Árbitro: Ruben Santos.
Cronometrista: Wilson Soares

Portugal – Naty, Inês Fernandes, Janice Silva, Pisko e Sara Ferreira.
Jogaram ainda: Ana Catarina, Taninha, Carla Vanessa, Fifó, Cátia Morgado, Ana Azevedo – Cap., Lídia Moreira, Rute Duarte, Jenny
Treinador: Luís Conceição
Golos: 1-0 Janice Silva (1′), 2-0 Pisko (5′), 3-0 Fifó (6′), 4-0 Jenny (7′); 5-0 Ganczer na p.p. (10′); 6-0 Carla Vanessa (20′); 7-0 Cátia Morgado (28′); 8-0 Lídia Moreira (34′); 9-0 Lídia Moreira (36′)
Disciplina: nada a assinalar

Hungria – Lilla Toma, Megyeri, Gabriella Kota, Katalin üveges e Adél Varga – Cap.
Jogaram ainda: Hargas, Gál Tímea, Lilla Sipos, Canczer, Krascsenics, Mónika Gelb, Petra Krascsenics, Szalkai, Koch.
Treinador: Janós Dombó
Golos: nada a assinalar
Disciplina: nada a assinalar

Luís Conceição, Selecionador Nacional de futsal feminino em discurso direto:

“Este resultado traduz a nossa qualidade. Fomos claramante superiores. Tivemos momentos muitos bons, mas há coisas que temos de melhorar. Fomos acima de tudo eficazes no início do jogo, o que o tornou mais fácil. As nossas jogadoras perderam a concentração em algumas situações. É importante mantermos o foco do princípio ao fim do jogo.

No que respeita à estratégia defensiva, poderá haver algumas semelhanças entre a Hungria e a Ucrânia, nossa adversária nas meias-finais do Campeonato da Europa. Vamos ver o que aí vem. A verdade é que a Ucrània teve tempo para se preparar e é provável que mude alguns detalhes para nos surpreender”.

Janice Silva, autora do primeiro golo de Portugal, em discurso direto:

“Foi um bom teste. Estamos aqui para trabalhar e ensaiar a nossa estratégia, porque estamos muito perto da fase final do Europeu e queremos que os portugueses fiquem orgulhosos de nós. É sempre importante marcar, mas o que vale mais é o trabalho coletivo. A nossa equipa está no bom caminho e esu sinto-me muito feliz por ter apontado o primeiro golo frente á Hungria.

Estamos juntas há alguns dias. É muito trabalho, esforço e dedicação. Agora temos pela frente mais um teste. Vamos empenhar-nos ao máximo para ficarmos prontas para a fase final”.

Lídia Moreira, que marcou duas vezes esta sexta-feira, em discurso direto:

“Foi um bom resultado, mas não foi um jogo perfeito. Temos aspetos a melhorar e é isso que vamos tentar fazer amanhã, no reencontro com a Hungria. 

Já estamos a trabalhar no palco do Europeu e isso deixa-nos felizes. Estamos unidas e vamos fazer tudo para conseguirmos bons resultados”.

Ana Azevedo, capitã de Portugal, em discurso direto:

“Foi um jogo importante para perceber em que ponto é que estamos. Foi um bom jogo da nossa parte, encarado com muita seriedade e competitividade. Ganhar com alguma diferença é também importante. Toda a equipa correu, trabalhou e demonstrou que estamos presentes para ganhar.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.