Rui Gomes da Silva rendido ao jogo jogado mas não ao liderado

Rui Gomes da Silva não ficou indiferente à vitória do Benfica no dérbi com o Sporting. No relvado de Alvalade brilhou João Félix, nos camarotes esteve Cristiano Ronaldo.

«A enorme exibição e o grande resultado do Benfica em Alvalade merecem um elogio especial! Elogio aos jogadores e elogio ao treinador! Eu sei que foi contra o Sporting mas foi em casa deles! Grande vitória! Em tudo mesmo com o (por eles, sportinguistas) idolatrado VAR!!!Mas para que o sabor da vitória perdure nada melhor que voltar a ganhar – assim, sem quaisquer dúvidas – na quarta feira, para a Taça. Porque – como acontece com as grandes equipas – as comemorações desta vitória acabaram no momento em que os jogadores entraram no balneário de Alvalade», escreveu o ex-vice-presidente das águias, no blogue ‘Novo Geração Benfica’.

«Vamos – então – ao próximo que este já está ganho! E ganho com um adicional importante: voltámos (outra vez, com o empate de Guimarães), a depender só de nós! E como se isso não bastasse o melhor jogador português da actualidade esteve em Alvalade e foi simpático o Ronaldo ter ido vê-lo jogar. Que craque, este João Félix!», exultou.

Rui Gomes da Silva deixou ainda, e não podia deixar de ser, várias interrogações no ar a propósito da estratégia da SAD liderada por Luís Filipe Vieira no mercado de transferências de janeiro.

«Ferreyra e Castillo foram anunciados como os futuros grandes responsáveis por podermos esquecer Seferovic, Jimenez e até – pasme-se – Jonas! 5 meses (ou quase 16 M de euros) depois, de saída um (Castillo) sem regresso contratual, e o outro sem possibilidade (de físico e não física) de regressar. Ou, como li algures, “então agora que estamos a estabilizar o 4-4-2 é que ficamos apenas com 3 avançados, sendo que o Jonas está sempre lesionado? E – a propósito – alguém percebeu porque é que comprámos aqueles 2 e emprestámos Jimenez?», interrogou.

Analisado o ataque, baterias apontadas ao setor mais recuado.

«Comprámos Corchia e Ebuehi – lesionados ou “incompreendidos” desde que cá chegaram – mas continuamos com o André Almeida como única opção para o lugar de defesa direito? Quanto ao lado esquerdo da defesa – do que vimos com Rui Vitória e do que já conseguimos perceber com Bruno Lage – continuamos com o Grimaldo sem suplente! Tão sem suplente que – dizem – propusemos ao Braga 50% do passe do Yuri Ribeiro para amenizar os milhões que oferecemos por Dyego Sousa», escreveu o ex-vice-presidente das águias

Resgatado ao Moreirense no início da época, acabou Alfa Semedo por ser cedido ao Espanhol na ´janela’ de inverno.

«E – já agora – alguém poderá explicar como foi possível pagar 3 M de euros (2M + 400 m + 600 m com desconto para amigos) por Alfa Semedo, um jogador dispensado um ano antes precisamente por quem lá estava um ano depois?», indagou Rui Gomes da Silva.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.