Derrota no dérbi de hóquei onde valeu tudo para intimidar o árbitro

O Benfica perdeu, este domingo, por 1-4, na receção ao Sporting, em jogo da 14.ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.

Águias e leões – em igualdade pontual (30) à entrada para esta partida – fizeram encher o Pavilhão Fidelidade. Primeiros minutos divididos e equilibrados, com poucas oportunidades de parte a parte. Destaque para o remate de Nicolía, aos 4’, seguido de uma grande defesa de Ângelo Girão. Valeu a atenção do guarda-redes do Sporting.

Aos 9’, grande penalidade a favor dos encarnados. Henrique Magalhães derruba Lucas Ordoñez na área e vê cartão azul. Na conversão, Albert Casanovas atira para a defesa do guardião adversário.

Decorridos os primeiros 10 minutos, foi Pedro Henriques, seguro e atento, a negar o golo aos leões. Na sequência de um livre direto – depois de Carlos Nicolía ter derrubado Matias Platero – Ferran Font perdeu o duelo com o guarda-redes do Benfica.

Cumprido o primeiro tempo de jogo, o nulo permanecia no marcador, depois de 25 minutos com superioridade do Benfica, que, a jogar em casa, assumiu o controlo da partida. As estatísticas mostravam isso mesmo: 29 remates contra apenas 19 dos leões.

[GOLO: 0-1] O segundo tempo começou com uma grande penalidade assinalada a favor do Sporting, após um toque de Carlos Nicolía no stick de Raul Marín. O avançado espanhol – saído do banco onde esteve toda a primeira parte – foi chamado a converter e inaugurou o marcador, colocando os leões em vantagem.

Aos 31’, Casanovas sofreu falta de Raul Marín, a quem foi mostrado cartão azul. Ângelo Girão, por protestos, acabou por ser sancionado com duplo cartão azul.

Já com José Diogo a defender as redes da baliza do Sporting, Lucas Ordoñez foi chamado a converter o livre direto, mas o guarda-redes leonino levou a melhor.

Carlos Nicolía marcou, aos 38’, aquele que seria o golo do empate, depois de aproveitar uma falha defensiva de Ferran Font, mas o tento foi anulado. O árbitro já tinha apitado para mostrar um cartão azul ao jogador leonino por simulação. Na conversão do livre direto, Adroher não aproveitou.

[GOLO: 1-1] Aos 42′, mais uma falta, mais um lance de bola parada. Romero viu cartão azul por falta sobre Carlos Nicolía, Lucas Ordoñez foi chamado e rematou certeiro para o empate. 

[GOLO: 1-2] O Sporting voltou a colocar-se em vantagem através de Ferran Font (47′), na sequência de um livre direto, após uma alegada – e inexistente – falta de Nicolía na área dos leões.

[GOLO: 1-3] O Benfica chegou à décima quinta falta, aos 47′, e os forasteiros beneficiaram de mais um lance de bola parada. Ferran Font voltou a não desperdiçar. 

[GOLO: 1-4] Numa altura em que se caminhava a passos largos para o final, Pedro Gil colocou um ponto final no encontro. 

Cinco inicial do Benfica: Pedro Henriques, Diogo Rafael, Albert Casanovas, Carlos Nicolía e Lucas Ordoñez. 

Na próxima jornada, a 15.ª, o Benfica desloca-se ao terreno do SC Tomar.

Benfica-Sporting

“Vamos lutar”

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): “Jogámos bem, mas faltou acerto e eficácia. Enquanto matematicamente for possível, vamos lutar. É seguir a trabalhar.”


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.