Samaris não abre o livro sobre o seu futuro

Andreas Samaris, 29 anos, continua sem levantar o véu sobre o futuro. O médio internacional grego, recuperado por Bruno Lage para a equipa depois de travessia do deserto com Rui Vitória, acaba contrato com o Benfica no fim da época e deixa tudo em aberto.

Embaixador da Play Happy, associação sem fins lucrativos com objetivo de promover a prática desportiva, Samaris participou numa iniciativa na Escola Básica São Lázaro, em Braga, que reuniu quase 200 crianças, que o receberam com entusiasmo e muitos sorrisos.

O médio helénico falou da ligação a «um projeto de um amigo» que tem a missão de «introduzir a atividade física nas escolas, principalmente para proporcionar oportunidades a todas as crianças». Gostou de ver a alegria das crianças, que lhe deram «muita força para continuar» e deu-lhes conselhos: «O mais importante é amar o que fazemos, seja no futebol, basquetebol ou outra modalidade, e ter a capacidade de fazer sacrifícios para termos sucesso». Samaris sentiu que ajudar é «o mínimo» que pode fazer para retribuir à sociedade portuguesa a forma como foi recebido.

Quanto ao futuro, poucas certezas. Não quis falar sobre o Benfica, embora tenha deixado a certeza de que jamais esquecerá a passagem por Portugal, acabe no verão ou continue por mais anos: «Não vou esquecer tudo o que fiz em Portugal. Ficando ou não [no Benfica] vou continuar a ter vida aqui.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.