Benfica homenageia Lima na sua despedida aos relvados

Uma vez Benfica, sempre Benfica! Lima “vestiu” a camisola 11 do Glorioso, que envergou durante três épocas (2012-2015), e “posou” ao lado do troféu alusivo ao Bicampeonato que conquistou com o Manto Sagrado (2013-2015), na hora de comunicar ao mundo, via redes sociais, o ponto final na carreira de futebolista.

Com 35 anos de idade (completa 36 no dia 11 de maio de 2019), Lima entendeu ter chegado o momento de parar e arrumar as chuteiras. Numa publicação no Instagram, o agora ex-avançado brasileiro partilhou a decisão com seguidores, familiares, amigos e antigos colegas.

Lima

“Hoje é um dia de felicidade e de uma certa tristeza ao mesmo tempo. É dia de anunciar que pendurei as chuteiras, dia do adeus à carreira profissional de jogador de futebol, carreira essa com que sempre sonhei quando era criança”, anunciou num post ilustrado com duas fotos “à Benfica“.

“Fui um felizardo em realizar esse sonho. Despeço-me dos relvados muito feliz, mas poderia ainda jogar um pouco mais, só que a lesão fez com que levasse a essa decisão. (…) Vi que era minha hora de parar. Aprendi muito como jogador e principalmente como homem. Não é fácil sair de sua casa bem novo e correr o mundo atrás desse sonho. Lutei muito para conseguir. (…) Muito obrigado a todos os que de alguma forma me ajudaram a crescer e aos que sempre torceram por mim nos jogos”, escreveu o ex-goleador do Benfica.

Lima

As primeiras palavras de águia ao peito

“Enquanto joguei contra, a grandeza do Benfica ficou sempre estampada nos jogos. Estou preparado, muito feliz e quero integrar-me da melhor maneira possível no espírito do Clube. (…) É uma satisfação enorme estar a vestir esta camisola. Estou muito contente”, salientava o jogador, então oriundo do Braga, em declarações à BTV, depois de ter sido contratado a 31 de agosto de 2012, no último dia do mercado de transferências no verão.

Ao serviço dos encarnados, o avançado brasileiro conquistou dois Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e duas Taças da Liga, sendo que, em três épocas, totalizou 144 jogos e apontou 70 golos.

O primeiro tiro certeiro aconteceu exatamente no dia de estreia oficial pelo Benfica, a 23 de setembro de 2012. Nessa noite as águias jogavam em Coimbra frente à Académica na 4.ª jornada do Campeonato. Lima entrou aos 74′, quando o Benfica perdia por 2-1, e 12 minutos mais tarde fez o golo que daria o empate aos encarnados.

Lima

Golos marcantes 

Um dos golos mais bonitos de Lima ao serviço do Benfica foi apontado num dérbi frente ao Sporting na temporada de estreia de águia ao peito (2012/13). A 21 de abril de 2013, o Benfica recebeu e venceu o Sporting por 2-0. O minuto 75 ficou reservado para uma jogada perfeita dos encarnados, que culminou no remate à meia-volta do avançado brasileiro. Um grande golo!

Nessa temporada, Lima foi o brasileiro mais goleador em toda a Europa com 30 golos apontados (20 no Campeonato, quatro na Taça de Portugal, quatro na Taça da Liga, um na Liga dos Campeões e outro na Liga Europa).

Na época seguinte, o Benfica teve uma prestação na Liga Europa quase perfeita, mas recheada de jogos emocionantes. Um deles foi o empate caseiro (2-2) frente ao Tottenham a 20 de março de 2014. Lima restabeleceu a igualdade do encontro, aos 90’+5′, convertendo uma grande penalidade.

Lima

No dia 20 de abril de 2014 os encarnados conquistaram o primeiro título do histórico Tetracampeonato. Lima esteve em grande evidência nessa partida ao apontar os dois golos que deram a vitória frente à formação do Olhanense (2-0) em pleno Estádio da Luz.

Quatro dias depois, a 24 de abril de 2014, o Benfica voltou atenções para as competições europeias e derrotou a Juventus na 1.ª mão das meias-finais da Liga Europa por 2-1. Lima entrou em campo aos 62′ para o lugar de Cardozo e, a poucos minutos do fim, fez o golo que deu a vitória aos encarnados nessa noite. Enzo Pérez executou o último passe antes de Lima desferir um potente remate dentro da área que não deu a mínima hipótese de defesa a Gianluigi Buffon.

Lima

Na época seguinte (2014/15) houve um jogo que ficou na memória dos Benfiquistas: a vitória no Dragão por 0-2 a 14 de dezembro de 2014. Lima jogou os 90 minutos e bisou para os encarnados. No primeiro golo o camisola 11 do Benfica encostou de peito após um lançamento lateral de Maxi, enquanto o segundo surgiu após um remate de Talisca e defesa incompleta do guarda-redes do FC Porto, aparecendo Lima, letal, para fazer a recarga e rubricar o 0-2 final.

O ciclo do jogador brasileiro no Benfica terminou no verão de 2015, sendo que o último jogo de águia ao peito foi perante o Marítimo na final da Taça da Liga que os encarnados venceram por 1-2. Em julho de 2015, Lima assinou contrato com o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos.

OBRIGADO, LIMA!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.