Benfica ultrapassa Noia e está nos quartos da Liga Europeia

A equipa de hóquei em patins do Benfica empatou 4-4 com o Noia na 4.ª jornada do Grupo D da Liga Europeia, no Pavilhão Fidelidade. A vitória das águias era o resultado mais justo, mas o último segundo foi madrasto. Ainda assim, os encarnados comandam, com 10 pontos, e já estão apurados para os quartos de final, havendo ainda duas rondas para disputar.

Os instantes iniciais mostraram uma partida de ritmo vivo, com o Benfica a acercar-se da área da equipa espanhola, tentando também visar as redes em remates de meia distância.

[GOLO: 1-0] O conjunto encarnado aproveitou da melhor forma uma perda de bola do Noia para se colocar na frente do marcador por intermédio de Adroher, que teve uma execução técnica perfeita na cara do guarda-redes adversário (2′).

Agressivo sem bola e rápido nas saídas para o ataque, o Benfica podia ter alargado para 2-0 numa stickada de Adroher ao minuto 10, num lance em que, no entanto, o guardião visitante foi quem mais brilhou.

As constantes trocas de jogadores promovidas pelo treinador Alejandro Domínguez permitiram manter a equipa do Benfica sempre em alta rotação neste período do encontro. Aos 18′, as águias beneficiaram de um penálti (falta sobre Valter Neves).

[GOLO: 2-0] Casanovas, na conversão do castigo, foi implacável e stickou para o interior das redes do Noia.

Na sequência de mais uma ação de pressing dos encarnados, o 3-0 poderia ter surgido aos 20′, mas o remate de Ordoñez foi parado pelo guardião do Noia.

Humberto Mendes, camisola 8 do Noia, foi expulso (cartão vermelho direto) aos 21′. Em face desta ocorrência, o Benfica ficou a jogar temporariamente em superioridade numérica.

[GOLO: 3-0] Ataque rápido e bem trabalhado pelo Benfica, com Diogo Rafael a finalizar com uma forte stickada (22′).

Logo a seguir, o Noia dispôs de um livre direto. Sergi Llorca avançou para o duelo com Pedro Henriques.

[GOLO: 3-1] Sergi Llorca, com uma execução rápida, rematou forte e colocado na cobrança do livre direto e reduziu a diferença.

Nicolía, aos 24′, acertou no ferro. E o intervalo chegou com as equipas separadas no marcador: 3-1 para o Benfica.

Decorridos 31 minutos de jogo, Adroher quase concretizava numa “picadinha”. Valeu aos espanhóis a intervenção do guarda-redes Zapater. Volvidos poucos segundos, o Noia cometeu a 10.ª falta, levando automaticamente os encarnados para a cobrança de um livre direto. Ordoñez, na execução, perdeu no cara a cara com Zapater.

Um cartão azul mostrado a Nicolía aos 32′ conduziu o Noia para a marca do livre direto. Marc Grau tentou bater Pedro Henriques, mas o esférico acertou no poste direito. Nesta fase do encontro, o Benfica teve de jogar 3 para 4, em face da exclusão temporária de Nicolía.

Restaurada a igualdade de unidades em campo, os encarnados recuperaram as jogadas em alta velocidade, com o Noia a responder na mesma moeda, sobressaindo a competência de Pedro Henriques na baliza benfiquista.

Diogo Rafael, aos 38′, conseguiu ficar sozinho perante o guarda-redes Zapater, que, mais uma vez, encheu a baliza e aguentou o 3-1. Aos 41′, numa situação de dois para um, o ataque benfiquista tornou a esbarrar na capacidade do guardião do Noia.

[GOLO: 4-1] O Benfica porfiou e alcançou pelo stick de Valter Neves, que só teve de encostar depois de uma aceleração e assistência de Nicolía pelo lado direito do ataque (41′).

[GOLO: 4-2] Uma bola lançada para cima da baliza do Benfica por Sergi Aragonés acabou mesmo dentro das redes, com alguma felicidade à mistura (45′).

Os jogadores do Benfica foram gerindo a vantagem e dispunham de dois golos à maior à entrada para o derradeiro minuto do encontro.

[GOLO: 4-3] Xavi Costa reduziu já dentro do minuto 50, provocando, de forma inesperada, incerteza no Pavilhão Fidelidade.

[GOLO: 4-4] A injustiça aconteceria a um segundo do fim da partida, quando o Noia, arriscando tudo e jogando 5×4 sem guarda-redes, conseguiu igualar o desafio por Aleix Esteller.

A partida terminaria logo a seguir: 4-4 foi o resultado final.

Cinco inicial do Benfica: Pedro Henriques, Casanovas, Diogo Rafael, Nicolía e Adroher.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.