Juvenis: Dérbi empatado no Seixal a uma bola

O Caixa Futebol Campus acolheu o dérbi que marcou a 6.ª jornada do Campeonato Nacional de Juvenis (2.ª Fase, Série Sul). Benfica e Sporting, que só haviam vencido até esta ronda, protagonizaram uma partida discutida, com vários momentos de emoção, acabando o duelo com a divisão de pontos: 1-1.

Puxando para si a responsabilidade de agitar o desafio, a equipa benfiquista procurou os caminhos da baliza leonina e criou uma boa oportunidade no quarto de hora inicial. Gerson foi o protagonista do lance ameaçador: depois de derivar para o centro, chutou de pé esquerdo, fazendo a bola passar perto do poste.

Os visitantes ripostaram num cabeceamento para boa defesa de Samuel (15′) e colocaram-se mesmo em vantagem aos 23′ numa finalização de Gonçalo Batalha (0-1), com assistência de Bruno Tavares a partir do flanco esquerdo.

Num dérbi discutido, as águias reagiram bem ao golo sofrido e podiam ter empatado aos 26′, mas Pedro Silva não foi certeiro na conclusão da jogada, depois de uma vistosa recuperação de Henrique Pereira. Aos 32′, Filipe Cruz, na cobrança de um livre direto, fez pontaria às redes, mas o guarda-redes sportinguista negou o 1-1. A etapa inicial terminaria mesmo com os visitantes na dianteira: 0-1.

Jeremy Sarmiento rendeu Henrique Araújo no recomeço e esta troca teve impacto na partida. Com várias iniciativas, o recém-entrado criou desequilíbrios e contribuiu para a dinâmica do coletivo benfiquista, que foi à procura do empate, sucedendo-se os cantos e as oportunidades de golo. Paulo Bernardo (48′) e Henrique Pereira (49′) sobressaíram no rol de jogadas perigosas.

As águias porfiaram e alcançaram o 1-1 por intermédio de Gerson, que não se fez rogado perante uma má ação de Diogo Almeida, o guardião, contrário (60′).

Restabelecida a igualdade, as equipas perderam clarividência e o jogo tornou-se um pouco confuso, ainda que sempre discutido e com o Benfica a ter mais iniciativa, enquanto o Sporting deu primazia a uma postura de espera e contra-ataque.

Aos 80’+1′, Filipe Cruz enjeitou a hipótese de assinar o 2-1, já dentro da grande área, depois de Jeremy Sarmiento ganhar a linha de fundo e cruzar atrasado. O último apito do árbitro soaria pouco depois: 1-1, divisão de pontos no Seixal.

Onze inicial do Benfica: Samuel, Filipe Cruz, Tomás Araújo, Gabriel Araújo, Rafael Rodrigues, Rafael Brito, Pedro Silva, Paulo Bernardo, Henrique Pereira, Gerson Sousa e Henrique Araújo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.