Benfica consolida liderança na Liga Revelação após triunfo na Cova da Piedade

Uma vitória por 1-3 na deslocação ao terreno do Cova da Piedade, na 20.ª jornada da Liga Revelação, permitiu à equipa Sub-23 do Benfica consolidar-se como comandante da prova, agora com 42 pontos colecionados.

Os encarnados instalaram-se na zona ofensiva nos primeiros instantes da partida e dispuseram de uma oportunidade de golo aos 3′, quando Tiago Gouveia teve espaço para receber e arrancar no corredor central e, já no interior da área, servir Diogo Pinto, que chutou para defesa do guarda-redes Pardana.

[GOLO: 0-1] Vukotic, descaído na esquerda da área do Cova da Piedade, usou o seu melhor pé para furar, iludir a marcação e forçar uma nesga para disparar cruzado na direção das redes (9′), adiantando o Benfica no marcador.

Conduzindo o jogo para junto da baliza do anfitrião, os encarnados poderiam ter colado nova bola às malhas num tiro de Vukotic aos 19′, mas o guardião estirou-se e negou os intentos do médio benfiquista. Tiago Gouveia, aos 23′, no seguimento de um centro da direita, marcou golo, mas este seria imediatamente anulado: a equipa de arbitragem considerou que o jogador das águias ajeitou o esférico com o braço direito.

Tiago Gouveia, num remate frontal (32′), e Diogo Pinto, numa finalização sobre a esquerda e já perto da pequena área (38′), foram protagonistas de outras tentativas do Benfica para reforçar a vantagem ainda na primeira parte. O intervalo chegou com o resultado a assinalar 0-1.

O sentido do encontro manteve-se após o período de descanso, com as águias donas e senhoras da posse de bola e das iniciativas ofensivas, explorando entradas pelos três corredores. Os laterais Tomás Domingos, à direita, e Frimpong, à esquerda, foram repetindo movimentos de apoio ao ataque e subsequentes cruzamentos, que podiam ter gerado um segundo golo antes do minuto 60.

[GOLO: 1-1]Do nada, o Cova da Piedade empatou, com o camisola 7 Fábio Novo, descaído para a esquerda e depois de um ataque por esse corredor, a ser feliz num remate de pé direito (62′).

[GOLO: 1-2]A resposta do Benfica foi imediata e bem-sucedida: Edi Semedo recebeu um passe na direita, entrou na área e cruzou para o pontapé certeiro de Tiago Gouveia (64′).

[GOLO: 1-3] Com o controlo das operações, o Benfica esticou a diferença no resultado: solicitado em velocidade, Tiago Gouveia beneficiou de uma atrapalhação entre os defensores e o guarda-redes do Cova da Piedade, ficando isolado e com a baliza desprotegida para faturar (74′).

Com a atribuição dos três pontos praticamente decidida, Luís Tralhão procedeu a quatro substituições na equipa benfiquista em dois momentos diferentes para refrescar o coletivo e assegurar uma boa gestão dos derradeiros minutos do desafio, que terminaria com o triunfo das águias por 1-3.

Onze do Benfica: Celton Biai; Tomás Domingos, David Zec, Miguel Nóbrega e Frimpong (Matheus Leal aos 84′); Henrique Jocu, Vukotic (Diogo Capitão aos 84′) e Diogo Pinto; Edi Semedo, Tiago Gouveia (Daniel Martins aos 79′) e Pedro Soares (Anthony Carter aos 84′).

Suplentes não utilizados: Dylan Silva, Simón Ramírez e Miguel Martins.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.