Rui Vitória não foi despedido

Pouco mais de um mês depois de Luís Filipe Vieira ter segurado o treinador na sequência da goleada sofrida em Munique, com o Bayern, depois de em reunião de administração ter sido decidida a saída dele, desta vez o processo foi diferente. Foi Rui Vitória que comunicou ontem (quinta-feira) ao presidente benfiquista que colocava o lugar à disposição, sentindo ter chegado ao fim da linha e não tendo mais condições para continuar à frente da equipa. Luís Filipe Vieira pediu-lhe algum tempo e foi reunir, durante a tarde no Estádio da Luz, com Rui Costa e Domingos Soares Oliveira.

No Seixal, Rui Vitória ainda orientou o treino agendado para o final da tarde. Esteve praticamente todo o tempo calado, circunspecto, deixando os jogadores entregues aos adjuntos. No final da sessão de trabalho, a administração da SAD comunicou ao técnico que aceitava a saída dele e começaram a ser dados os passos para a sucessão. 

O divórcio entre treinador e a SAD da Luz foi consumado ao início da noite. O princípio de entendimento para a saída do técnico passa por continuar a pagar o salário até que Rui Vitória encontre novo rumo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.