Retoma do Benfica com sotaque sérvio

Zivkovic ultrapassou dois defensores do Aves aos 70′ e, com um passe de pé esquerdo, projetou o golo (edificado por Seferovic) que permitiu ao Benfica confirmar a 10.ª presença nas meias-finais da Taça da Liga. Foi a quinta assistência do arquiteto sérvio nesta época, a quarta nas recentes três partidas.

Acrescentando ideias e planos para finalização nos últimos metros do retângulo de jogo, Zivkovic totaliza 1010 minutos de utilização em 2018/19 (distribuídos por Liga NOS, Liga dos Campeões, Taça de Portugal e Taça da Liga). Comparando números, o camisola 17 das águias já executou quase tantos passes para golo nesta temporada (cinco, em três competições) como nos 2059 minutos em que foi chamado a intervir em 2017/18 (seis).

PASSES PARA GOLO EM 2018/19

JOGOCOMPETIÇÃOMARCADOR
Sertanense (fora)Taça de PortugalGedson
Montalegre (fora)Taça de PortugalConti
Braga (casa)Liga NOSJardel
Braga (casa)Liga NOSCervi
Aves (fora)Taça da LigaSeferovic

Analisando as últimas oito partidas do Benfica (sete vitórias e um empate que validou o acesso à final four da Taça da Liga, cujo primeiro jogo se disputa no dia 22 de janeiro em Braga), observa-se que Zivkovic esteve em todas: foi titular em sete ocasiões e suplente utilizado na receção ao AEK, no fecho da campanha na Liga dos Campeões.

Na noite de 18 de outubro, em Coimbra, o esquerdino efetuou o primeiro jogo completo na época e desenhou também a sua primeira assistência em 2018/19, efetuando um passe para Gedson, que de pronto assinou um golaço perante o Sertanense, na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

Depois de elaborar com a bola a correr, Zivkovic serviu a conclusão de um companheiro numa bola parada. Em Montalegre, nos oitavos de final da Taça de Portugal, arquitetou a partir de um canto cobrado do lado direito do ataque, convidando Conti a dar corpo ao golo num cabeceamento à entrada da pequena área.

Na 14.ª jornada da Liga NOS, foi do pé esquerdo do internacional sérvio que nasceu o golo apontado por Jardel (2-0) perto do intervalo da receção ao Braga. Mais uma vez, um pontapé de canto batido sobre a direita.

O quarto passe para golo de Zivkovic nesta época resultou de uma combinação rápida na faixa direita do ataque do Benfica no desafio frente aos bracarenses, com André Almeida a fazer o arremesso lateral e Seferovic a ligar a jogada (e a dar-lhe profundidade) com um endosso para o camisola 17 dos encarnados. Na circunstância, perto da linha de fundo, o internacional sérvio usou o pé direito para proporcionar a Cervi o sucesso no remate de primeira na grande área.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.