Benfica “limpou” gregos na Luz para a Taça Challenge em Voleibol

A equipa de voleibol do Benfica está em vantagem nos 16 avos de final da Challenge Cup após vencer, no Pavilhão n.º 2 da Luz, o Iraklis por 3-0, em jogo da primeira mão.

O Benfica, que chegou a esta ronda após eliminar os cipriotas do Pafiakos Pafos, na 2.ª eliminatória, vencendo os dois jogos, por 3-0, viu o 1.º set começar de forma equilibrada, com várias igualdades no marcador até se chegar ao 9-9. Por essa altura, o Benfica conseguiu três pontos seguidos, colocou o marcador em 12-9 e obrigou o técnico do Iraklis a um desconto de tempo. A conversa com os seus pupilos pareceu não ter surtido efeito, pois voltou a pedir um time out quando o resultado registava 16-10. A força do serviço benfiquista e a eficácia ao nível do bloco ultrapassaram a cortina grega, colocaram problemas à receção contrária e permitiram vencer o set, por 25-15.

Tal como no set anterior, uma vez mais o equilíbrio foi a nota dominante nos primeiros pontos. O Benfica alargou a vantagem até aos 15-11, fruto de um serviço eficaz e uma deficitária receção no outro lado da rede. O Iraklis, porém, assentou de novo o seu jogo e empatou a contenda a 16 pontos. Até final do 2.º set, o resultado esteve sempre nivelado, mas as águias fecharam aos 25-23.

No início do 3.º set surgiu um Iraklis transfigurado para melhor. Quase sempre na liderança, os helénicos chegaram a ter cinco pontos de vantagem. O Benfica não desistiu, empatou aos 16 pontos e passou para a frente aos 19-18, recuperação que obrigou o treinador do Iraklis a pedir pausa técnica. A mesma, uma vez mais, em nada resultou, com os comandados por Marcel Matz a fecharem o jogo após ganharem o 3.º set, por 25-23.

Formação inicial: Rapha, André Lopes, Théo, Peter, Marc Honoré, Tiago Violas e Ivo Casas (L).

O próximo embate dos encarnados é de novo diante do Iraklis, desta feita na Grécia. A segunda mão dos 16 avos de final da Challenge Cup disputa-se a 6 de dezembro. Caso passe esta eliminatória, o Benfica encontra nos oitavos de final o vencedor do confronto Zalau-Steaua Bucareste.

Benfica-Iraklis

“Foi um bom jogo. Estou satisfeito”

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Foi um bom jogo, começámos fortes. Gostei de algumas coisas, o Rapha jogou bem. O plano de jogo foi seguido, mesmo com o Hugo Gaspar afastado por lesão. Estou satisfeito e esperamos um confronto complicado na Grécia, pois os adeptos são fervorosos. Temos tentado um serviço mais agressivo, aproveitando os erros deles na receção. O oposto do Iraklis jogou bem. Vamos tentar ter um bom serviço lá.”

Rapha (jogador do Benfica): “Estivemos focados. Já sabíamos que o jogo ia ser difícil, mas colocámos um ritmo alto no serviço e conseguimos a vitória. Eles começaram melhor no 3.º set, fizemos alterações, melhorámos e conseguimos vencer.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.