Bernardo Silva marca e Ederson faz “clean sheet” na Champions

A jogar em casa a 3.ª jornada do Grupo F, o Shakhtar de Paulo Fonseca foi dominado por um Man. City que impôr velocidade estonteante ao jogo, encostando sempre a equipa ucraniana ao seu reduto.

Na primeira parte foram criadas mais oportunidades de golo, com David Silva a ser protagonista com duas bolas ao poste e uma mão cheia de remates com selo de golo, antes de ter inaugurado o marcador, aos 30 minutos. Estava dado o mote para o que se seguia: autêntico massacre ofensivo, com Laporte a assinar o segundo. Os ingleses foram para o intervalo a ganhar por 2-0.

Na etapa complementar assistiu-se a mais do mesmo, com Ismaily a ser o mais inconformado do Shakhatar e a tentar reduzir, mas Ederson esteve em noite inspirada. O jogo foi «morto» pelo português formado pelo Benfica Bernardo Silva, que havia sido lançado no jogo a apenas dois minutos, que concretizou o lance que deu origem ao terceiro golo.

Nos últimos 20 minutos o Shakhtar tentou rematar contra a maré, mas não conseguiu desbravar caminho rumo à baliza de Ederson.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.