Benfica obriga a Google a pedir dados dos blogues que publicaram emails da SAD

vip-pt-25043-noticia-paulo-goncalves-filho-do-assessor-juridico-do-benfica-atropelado-com-gravidadeA Google notificou há três semanas o blogue «O Artista do Dia» a fim de fornecer os seus dados após queixa do Benfica – o blogue tinha publicado 13 artigos com informação confidencial na plataforma Blogger, detida pela Google.

A história está esta quarta-feira no New York Times, documentando a denúncia apresentada pelos responsáveis encarnados a várias plataformas que abrigam blogues no âmbito da revelação de correspondência privada de dirigentes do clube, nomeadamente o blogue «Mercado do dia polvo», que admitiu esta manhã ter recebido esta intimação.

O jornal apresenta a queixa avançada pelos encarnados num tribunal da Califórnia em abril contra vários gigantes da Internet – além da Google a Cloudflare, a FranTech, ou a RegTime –  para que fornecessem os dados que permitissem identificar de forma individual quem eram os bloggers e os administradores de cada uma dessas páginas. As empresas são também consideradas coautoras do crime da revelação da informação confidencial. Há cerca de cem pessoas envolvidas na queixa.

O NY Times sublinha ainda que antes de receber a intimação, o autor de «O Artista do Dia» não foi contactado para apagar conteúdos, apesar de os termos de uso da Google alertarem para a publicação de «conteúdo com informação pessoal ou confidencial».

Contactada pelo jornal, a Google referiu que ainda não revelou a identidade do blogger, mas poderá ser obrigada por uma ordem do tribunal.

Em declarações ao Times, o blogger referiu que tinha até 8 de outubro para tentar impedir a divulgação dos seus dados e deixou passar o prazo, até porque não tem representação legal nos Estados Unidos. Enviou, sim, um email à Google, pedindo que os seus dados não sejam divulgados para proteção da família.

Admitiu até ser do Sporting, mas recusou que faça parte de um movimento concertado e organizado para derrubar o clube rival.

«Acredito que queiram saber a minha identidade para me intimidar. Têm a perfeita noção de que o meu blogue não está ligado acessos ilegais à base de dados deles que depois acabou com a fuga desses emails» explica. O blogger dá conta do artigo hoje no blogue, referindo que «há 20 dias» deixou de poder dar opiniões. «De há 20 dias para cá, isso passou a ser impossível porque, aparentemente, a minha identidade (e a de  outros como eu) passou a ser importante para uma organização que devia ter outro tipo de coisas para se preocupar», escreve.

A queixa pode ser lida aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.