Ajax lidera grupo das águias após bater AEK por 3-0 em Amesterdão

O Ajax arrancou em grande estilo na Liga dos Campeões, vencendo por 3-0 o AEK, no grupo E, o mesmo do Benfica, com o lateral argentino Tagliafico em grande destaque, ao apontar dois golos.

E a verdade é que o resultado até podia ter sido mais largo, tal o domínio demonstrado pelo conjunto holandês, que desperdiçou várias oportunidades.

A jogar em casa, o Ajax começou bem melhor, instalando-se no meio-campo do campeão grego e criando várias situações de finalização que não eram aproveitadas pelos homens da frente.

Com o português André Simões a surgir na equipa titular, o AEK explorou o contra-ataque sempre que conseguiu, mas parecia faltar sempre definir melhor no último momento – a equipa grega fez algum remate à baliza?

Assim se podia resumir a primeira parte: o Ajax com mais bola a pressionar na procura do golo e AEK a defender-se como possível e a tentar encontrar espaço para explorar o contra-ataque. E tudo a zeros, no fim dos primeiros 45 minutos.

Mas demorou pouco a mudar. Dois minutos depois do intervalo, na sequência de um canto, a defesa grega ainda conseguiu afastar para a entrada da área, mas ficou muito mal posicionada para defender a segunda bola e Tagliafico surgiu na zona de penálti, completamente isolado, a encostar para o 1-0 para o Ajax.

Aos 58’, a equipa holandesa quase chegou ao segundo golo, novamente na sequência de um canto, e outra vez com o defesa argentino, que viu Barkas fazer uma defesa enorme, a negar-lhe o 0-2.

Pouco depois, uma contrariedade para o Ajax: Huntelaar, experiente avançado holandês, saiu do relvado lesionado, aparentemente com queixas musculares na coxa esquerda, entrando para o seu lugar Donny van de Beek.

E seria o jovem jogador, de 21 anos, a marcar o segundo golo da equipa de Amsterdão, aso 77′. Numa tentativa de saída do AEK houve uma perda de bola com a equipa desequilibrada, Tadic foi lançado no corredor direito e cruzou ao segundo poste onde surgiu van de Beek a encostar para o golo.

Já em cima do último minuto do tempo regulamentar, Tagliafico voltou a subir pelo corredor esquerdo, recebendo nas costas da defesa grega para fazer um vistoso chapéu ao guardião contrário, fixando o resultado final.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.