Recurso à punição de jogo à porta fechada já deu entrada

PizziVsEstorilO Benfica já entregou recurso para o pleno da Secção Profissional do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), depois de ter sido notificado, no passado dia 11, do castigo do CD de punir os encarnados com um jogo à porta fechada e multa de 11.400 euros, na sequência de arremesso de objetos e de material pirotécnico para o relvado, no jogo com o Estoril, na Amoreira, a 21 de abril deste ano – Benfica ganhou 2-1.

O recurso tem efeito suspensivo e o Benfica não se conforma com o castigo imposto. «Imputação vaga, genérica e imprecisa de incumprimento por parte da Benfica, SAD», pode ler-se no recurso, a que A BOLA teve acesso, documento ainda assinado por Paulo Gonçalves, agora ex-diretor jurídico.

O CD entendeu que o Benfica não adotou medidas preventivas, mas as águias colocam toda a responsabilidade no Estoril, promotor do jogo, e na Liga. Tudo porque o Benfica se opôs à colocação de adeptos mais radicais na bancada central do Estádio António Coimbra da Mota, o que aumentou o risco de problemas.

Os encarnados lembram também o trabalho efetuado diariamente em ações de sensibilização e prevenção de combate à violência, e que estas foram ignoradas pela FPF.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.