TAD dá razão ao diretor de comunicação do Benfica e obriga CD da FPF pagar custas de tribunal

img_818x455$2017_03_28_11_24_38_613073O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) decidiu dar provimento ao recurso apresentado por Luís Bernardo, diretor de comunicação do Benfica, ao castigo que lhe foi aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na sequência de declarações que criticavam a atuação do árbitro Hugo Miguel no jogo entre Benfica e Sporting, em janeiro de 2018.

O diretor de comunicação dos encarnados levantava questões sobre o facto de Hernâni Fernandes, ex-assistente de Hugo Miguel, trabalhar e exercer funções no Sporting.

O CD decidiu castigar Luís Bernardo com 22 dias de suspensão, mas o TAD vem agora anular o castigo por entender que em causa está o direito à liberdade de opinião e expressão, considerando também que o diretor de comunicação do Benfica não lesou a honra nem da equipa de arbitragem, nem de Hernâni Fernandes.

Por esse motivo, deu provimento ao recurso e condenou o CD da FPF ao pagamento de 6 mil euros das custas do processo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.