Benfica despacha Swindon Town com cinco golos sem resposta

No quarto dia de estágio em Inglaterra, o Benfica disputou um jogo-treino com o Swindon Town e venceu por 5-0.

À porta fechada em St. George’s Park, a equipa comandada por Rui Vitória deu sequência ao trabalho de pré-temporada na manhã de quarta-feira e superiorizou-se ao adversário inglês, que compete no quarto escalão (League 2).

Cervi marcou o primeiro golo das águias e Salvio aumentou a diferença para 2-0. Grimaldo apontou o terceiro, Pizzi assinou o quarto na execução de um pontapé de penálti e Conti, um dos reforços para a temporada 2018/19, completou a goleada (5-0).

Multiplicando ataques do princípio ao fim, o Benfica transformou este ensaio num jogo de sentido único.

Na etapa inicial da partida, Rui Vitória fez alinhar o seguinte onze: Varela, Ebuehi, Luisão, Lema, Yuri Ribeiro, Keaton Parks, Samaris, Alfa Semedo, Cervi, Salvio e Castillo.

A criação de oportunidades de golo foi uma constante, com os postes a travarem alguns dos remates dos jogadores benfiquistas e a darem uma ajuda à equipa inglesa, que em toda a partida só por uma vez conseguiu ter espaço para rematar à baliza do Benfica.

O primeiro golo dos encarnados aconteceu logo aos 18′, com Salvio e Keaton Parks no lance e Cervi na conclusão na área. Dando expressão à vincada supremacia das águias, o 2-0 foi costurado aos 22′: Alfa Semedo assumiu o passe a rasgar e desmarcou Salvio, que, pelo meio, contornou o guardião do Swindon Town e atirou para as redes.

Ainda antes do intervalo, a diferença no resultado poderia ter crescido: Castillo esteve muito perto de assinar o 3-0.

Para o segundo tempo, Rui Vitória lançou Odysseas, Jardel, Conti, Grimaldo, Fejsa, Pizzi, Gedson, Rafa, Zivkovic e Ferreyra. Rúben Dias, uma estreia nesta pré-época (tal como Samaris, Zivkovic e Salvio), entraria em ação no decurso da etapa complementar, o mesmo acontecendo com Lisandro e Ola John.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Benfica continuou a carregar no acelerador e a construir chances para aumentar o score. Rafa, Pizzi e Zivkovic levaram muito perigo à área do rival inglês e rondaram o golo.

Pese a oposição do guarda-redes e dos ferros da baliza, o 3-0 chegaria mesmo, e foi um golaço! Grimaldo, de fora da área, aplicou um chapéu de aba larga aos 74′.

Rafa seria depois derrubado na área por um defensor e, na cobrança do respetivo pontapé de penálti, Pizzi mostrou competência na realização do 4-0 aos 86′.

Não consentido que o adversário respirasse, o Benfica alcançou o 5-0 final aos 87′: Conti, na área, desviou de cabeça para a baliza, após ser servido por Zivkovic num canto batido à direita.

Este estágio de preparação, que decorre desde domingo em Inglaterra, termina com o jogo particular frente ao Sevilha, a disputar em Zurique, na Suíça, às 17h00 de sábado.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.