Águias já fecharam 2ª ronda da fase de grupos do Mundial

Portugal

Fechada a 2.ª jornada da Fase de Grupos do Mundial 2018, as equipas já só pensam nos

desafios que aí vêm. Portugal de Rúben Dias defronta o Irão, às 19h00 de segunda-feira, em Saransk; a Suíça de Seferovic bate-se com a Costa Rica; a Sérvia de Zivkovic enfrenta o Brasil e Ebuehi (Nigéria) e Salvio (Argentina) medem forças na terça-feira, em São Petersburgo.

Cada vez mais perto dos oitavos de final do Campeonato do Mundo, a Seleção Portuguesa prossegue a preparação para o encontro de segunda-feira com o Irão, na 3.ª jornada do Grupo B.

Nesta manhã de sábado, em Kratovo, Rúben Dias foi o escolhido para projetar o desafio que se segue, onde destacou a ambição da equipa das Quinas, apesar do nível de exigência do Campeonato do Mundo: “Nós queremos é ganhar, é a nossa fórmula! Já vimos jogos do Irão, já vimos outros jogos do Mundial e tudo isso permite perceber que não há jogos fáceis. Vamos ter de estar no melhor das nossas capacidades”, explicou.

Recorde-se que Portugal e Espanha partilham a liderança do Grupo B, com quatro pontos, seguidos do Irão, com três, enquanto Marrocos ainda não pontuou e está afastado da próxima fase.

Salvio

O Grupo D inicia a 3.ª jornada do Mundial no próximo dia 26 de junho, com o duelo entre a Nigéria de Ebuehi e a Argentina de Salvio, onde muito se vai decidir. O desafio está marcado para as 19h00, no Estádio São Petersburgo.

A manhã de sábado fica marcada por mais uma sessão de trabalho da seleção Argentina, debaixo de um calor abrasador, em Bronnitsy.

Uma Argentina que leva um percurso conturbado no Campeonato do Mundo (um empate e uma derrota!), onde a sua prestação está a ser muito contestada por ex-jogadores argentinos, como é o caso de Diego Maradona, que este sábado teceu duras críticas à alviceleste, no programa “De la mano del Diez” da Telesur: “A Argentina não sabe como joga, não tem soluções para nada, seja no meio-campo, defesa ou ataque. A culpa é pura e exclusivamente do técnico da seleção”, apontou Maradona.

A Argentina, recorde-se, está em último lugar do Grupo D com 1 ponto, somado na ronda inaugural no empate frente à Islândia.

Nigéria

A par dos argentinos, também a Nigéria está focada no próximo desafio a fim de somar mais pontos aos primeiros três (2.º lugar no grupo) que conquistou na competição, fruto da vitória frente à Islândia por 2-0, na passada sexta-feira.

Ebuehi começou a partida no banco de suplentes, mas entrou após o intervalo para o lugar de Idowu. Adaptado à posição de defesa-esquerdo, o lateral destro mexeu em termos táticos com o jogo e ainda deu sorte ao colega de equipa Ahmed Musa.

O treinador nigeriano, Gernot Rohr, não ficou indiferente à prestação de Ebuehi e considerou: “Eu disse aos meus jogadores para atacar mais. A introdução de Ebuehi deu-nos uma nova injeção de ritmo e tornou-nos mais agressivos. Precisamos de manter esse estilo de jogo, porque é assim que sabemos jogar”, disse Rohr depois do jogo, segundo o site Own Goal Nigeria.

O Grupo E junta a Sérvia de Zivkovic e a Suíça de Seferovic, que já se defrontaram no passado dia 22 de junho.

Sérvia

A Sérvia soma uma vitória (frente à Costa Rica) e uma derrota (frente à Suíça), posicionando-se assim em 3.º lugar do grupo. A hipótese de classificação para os oitavos de final ainda existe e para isso a Sérvia terá de vencer o Brasil, que lidera o Grupo E, na próxima quarta-feira. Se empatar, precisará de torcer por uma derrota da Suíça diante da Costa Rica, onde a vaga nos oitavos de final será decidida por critérios de desempate (número de golos).

O técnico da Sérvia, Mladen Krstajic, afirma que tudo é possível e acredita na passagem à próxima fase: “Estamos numa situação em que precisamos vencer o Brasil na última jornada e vamos concentrar-nos e fazer tudo o que pudermos para tentar vencer. Nada é impossível na vida”, afirmou o técnico sérvio, segundo o site globo esporte.

A Sérvia enfrenta o Brasil, na próxima quarta-feira (dia 27 de junho), às 19h00, no Estádio Spartak.

Suíça

A Suíça de Seferovic defronta a Costa Rica na quarta-feira, às 19h00, no Estádio Nizhny Novgorod, depois de um empate com o Brasil e uma vitória frente à Sérvia. Assim os suíços encontram-se em 2.º lugar do Grupo E, com os mesmos pontos que o Brasil. Os helvéticos continuam a dar o litro na preparação da 3.ª ronda.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.