Pool do Benfica é Vice-campeão Nacional

slb1A equipa de Pool masculino do Sport Lisboa e Benfica/Hot Shot1, capitaneada por Bruno Seno e constituída ainda, neste jogo, por Nuno Rolo e pelos espanhóis Carlos Cabello e Francisco Dias Pizarro, sdagrou-se vice-campeã de Pool, após empatar 2-2, na 5.ª e última jornada da fase final da prova, organizada pela Federação Portuguesa de Bilhar e disputada nas Termas do Bicanho, em Soure.

As seis equipas qualificadas para a Fase Final tiveram verdadeira maratona de jogos este sábado, que se iniciou na manhã e só terminou noite dentro: a prova foi disputada em grupo, com cinco jogos para cada equipa, e as duas candidatas ao título a digladiarem-se apenas na última ronda.

Assim, o Sporting começou por vencer, na 1.ª jornada, o Clube de Bilhar de São João da Madeira/Casa das Películas, por 4-0, para, na 2.ª ronda, se impôr pela mesma margem máxima (4-0) à formação do Soccer Planet, de Braga.

Na 3.ª jornada, os leões bateram a All Stars Academy por 3-1 e na 4.ª ronda venceram outro dos grandes favoritos ao título, a formação da Académica de Coimbra – capitaneada pelo presidente da direção da FPB, Ricardo Salgado, e que apresentou Bruno Sousa, João Sousa, Manuel Pereira e Bruno Fumega nesta Fase Final – por 3-1.

Os leões chegaram assim ao último jogo com 12 pontos (três de cada vitória) e 14 parciais ganhos nos quatro jogos, para apenas dois parciais perdidos.

Uma diferença de 12 parciais positivos que valia para eventual desempate e colocou o Sporting a  apenas precisar do empate com o SL Benfica/Hot Shot 1 à entrada da 5.ª jornada.

As águias, também com quatro vitórias e 12 pontos – bateram sucessivamente, e sempre por 3-1, Soccer Planet, Académica, CB S. João da Madeira/Casa das Películas e All Stars Academy -1 – partiram para o duelo com o velho rival de Alvalade com 12 parciais ganhos e quatro perdidos até aí. Oito positivos, para 12 dos leões: o Benfica estava obrigado a ganhar para ser campeão, enquanto ao Sporting o empate servia.

 

Emoção ao rubro entre os rivais lisboetas

A final foi tensa e o campeonato, com os quatro jogadores a defrontarem-se simultaneamente noutras tantas mesas, nas Termas do Bicanho, emotivo até ao fim.

Na disciplina de ‘Bola 9’, Francisco Dias Pizarro (SL Benfica/Hot Shot1) começou por, no primeiro dos quatro jogos (ao mesmo tempo) a terminar, bater de forma clara (9-6) o sportinguista João Gril e colocar o Benfica na frente: 1-0.

Mas, e apenas escassos minutos volvidos, na disciplina de ‘Bola 8’ o sportinguista Jorge Tinoco impôs-se a Nuno Rolo por 8-3 e fez o 1-1: faltava uma vitória aos leões para o indispensável segundo parcial, que garantia pelo menos o empate… e o título nacional.

Nesta altura, e no outro duelo da ‘Bola 9’, o capitão leonino, Rui Edgar Franco, vencia o capitão encarnado, Bruno Seno, por 8-7: faltava-lhe um jogo para selar a vitória no jogo, o 2-1 para o Sporting, a garantia do empate… e  do título. Mas Seno igualou a 8-8 e forçou a ‘negra’.

Emoção e tensão ao máximo nas Termas do Bicanho. Até porque, na ‘Bola 10’, e nessa altura, o benfiquista Carlos Cabello e o leão Samuel Santos mediam-se nos olhos (6-6). Incerteza total, tudo em aberto, Samuel Santos a chegar-se à frente a 7-6 e a ficar a apenas um da vitória… e a equipa leonina a roer as unhas: um jogo de qualquer um dos seus dois atletas, em qualquer dos dois duelos ainda em curso, bastava para novo título nacional.

Drama e tensão ao máximo quando Carlos Cabello igualou a 7-7 e forçou, também, a ‘negra’ para as àguias, no seu jogo: dois duelos para decidir no último encontro, o Benfica a precisar de vitórias dos seus dois atletas, o Sporting apenas de uma. Depois de terem começado a jogar a Fase Final às 10 horas da manhã, 12 horas decorridas e tudo em aberto ainda quanto ao campeão nacional. Pedir mais emoção era impossível numa grandiosa jornada de propaganda desta variante do bilhar.

Foi Rui Edgar Franco, capitão leonino, a acabar com a expetativa, ao selar o 9-8, a vitória e o 2-1 para o Sporting. Carlos Cabello ainda venceu Samuel Santos por 8-7, para selar o 2-2 final do jogo, mas o título já estava entregue… com música de toirada, do baile num edifício contíguo.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.