Germán Conti já admite Benfica

205210_contiO defesa-central argentino Germán Conti, 23 anos, assumiu pela primeira vez, na madrugada da última terça-feira, a possibilidade de entrar no futebol europeu pela porta do Benfica, manifestando mesmo o desejo de que a mudança para o clube da Luz se concretize, algo que, vincou, «seria grande passo na carreira».

Após o empate sem golos do Colón com o River Plate, o jovem central pareceu despedir-se dos seus adeptos, no que foi o último jogo da equipa de Santa Fé diante do seu público – há encontro em atraso com o Veléz Sarsfield relativo à 22.ª jornada da liga argentina mas será disputado amanhã, à porta fechada, e o campeonato termina com a deslocação dia 14 ao terreno do Racing, esse sim, muito possivelmente, o último jogo de Conti com a braçadeira de capitão do Colón.

No final do duelo com o River, Conti foi desde logo questionado sobre o possível ingresso no clube da Luz, possibilidade que acabou por confirmar.

«Não sei se é uma despedida, mas sabemos tudo o que está a acontecer. A bola está do lado do Benfica e esperemos que as coisas se deem», afirmou Conti à imprensa do seu país, já depois de receber grande ovação dos adeptos, carinho que o deixou muito emocionado ainda no relvado.

«No dia em que me fosse embora queria fazê-lo pela porta grande. Vêm-me muitas coisas à cabeça e estou agradecido a esta gente por todo o carinho. É algo muito lindo e seria um grande passo na minha carreira, seria muito bom ir para um clube tão grande como o Benfica. Mas não depende de mim e por isso não posso falar muito», sublinhou Conti.

Conti ainda não assinou qualquer documento a vinculá-lo ao Benfica mas praticamente todos os detalhes do acordo já foram definidos. Aliás, A BOLA apurou que Conti já realizou exames médicos na Argentina [ver caixa], claro indicador de que o dossier está muito próximo de conhecer um desfecho totalmente favorável para todas as partes envolvidas.

O consenso praticamente já alinhavado irá, então, redundar na assinatura de um contrato válido por cinco temporadas, ou seja, até 2023, isto a troco de uma verba que, incluindo comissões, impostos e prémio de assinatura, poderá ascender aos €5 milhões, sendo que €3,5 milhões se destinam ao pagamento da cláusula de rescisão de Conti com o Colón, que nada poderá fazer para evitar a saída do central no momento em que as águias procederem ao pagamento da mesma.

Sem deixar fugir Conti, as águias continuam a trabalhar na contratação de mais um defesa-central para o plantel de 2018/19.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s