Benfica vence ABC em Braga e mantém pressão sobre Sporting

O Benfica tirou proveito de uma primeira parte muito forte no Pavilhão Flávio Sá Leite para fazer uma gestão do resultado nos períodos em que o ABC criou mais dificuldades, triunfando por 30-31.

A intensidade colocada nas ações defensivas e atacantes foi determinante para o Benfica impor os seus argumentos desde o primeiro minuto de jogo no Pavilhão Flávio Sá Leite.

Com muita segurança, a equipa de Carlos Resende comandou o resultado: ao fim do primeiro quarto de hora já vencia por quatro golos de diferença (6-10).

A superioridade das águias foi-se acentuando com o passar dos minutos e teve reflexo no marcador. Bélone Moreira, na transformação de um livre de sete metros, foi o último jogador a marcar na etapa inicial, que fechou com 11-18 a favor do conjunto benfiquista.

A diferença alcançada no primeiro tempo haveria de revelar-se absolutamente decisiva para a conquista de três pontos por parte das águias numa deslocação complicada.

O ABC reagiu após o descanso e, beneficiando de exclusões e algumas precipitações do Benfica, foi encurtando distâncias e aproximou-se da igualdade nos derradeiros minutos da partida, período em que a equipa benfiquista teve sangue-frio para aguentar a vantagem e somar três pontos.

Formação inicial do Benfica: Hugo Figueira, João Pais, Alexandre Cavalcanti, Pedro Seabra, Paulo Moreno, Bélone Moreira e Davide Carvalho.

Marcadores dos golos do Benfica: João Pais (7), Davide Carvalho (6), Bélone Moreira (5), Alexandre Cavalcanti (4), Pedro Seabra (3), João Silva (2), Nuno Grilo (2), André Alves (1) e Tiago Ferro (1).

Carlos Resende

Carlos Resende: “Continuamos na luta”

O treinador do Benfica deu os parabéns à sua equipa por ter conseguido no Minho uma importante vitória na 5.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional de andebol.

“Estou satisfeito pela vitória. Era um jogo importante para nós, conforme referi aos atletas, porque sabíamos que, se vencêssemos este jogo, iríamos ganhar em dois pavilhões. A equipa entrou muito bem na primeira parte, com um desempenho defensivo de assinalar – sofreu apenas 11 golos”, comentou o treinador.

“Aquilo que tinha corrido francamente bem na primeira parte, começou-nos a correr menos bem na segunda. O ABC fez uma recuperação, em alguns espaços controlada por nós, e soube colocar-nos dificuldades. O Benfica continua na luta”, realçou Carlos Resende.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s