Pesada multa da FIFA pode dar recurso do Benfica

aguiavitoria1A FIFA aplicou multas a Benfica e Sporting, respetivamente de 125 e 92 mil euros, por terem celebrado contratos com a influência de uma terceira parte, ou seja, transferências de jogadores com a interferência de fundos de investimento.

A participação de fundos de investimento nas transferências de jogadores foi proibida pelo organismo que rege o futebol mundial nos finais de 2015, tendo na altura exigido que os clubes comprovassem que os seus direitos económicos sobre os seus jogadores não pertencessem a qualquer outra entidade.

Ora, de acordo com um comunicado divulgado esta quinta-feira, o Benfica foi sancionado em 125 mil euros «por ter celebrado dois contratos que permitiram a um terceiro influenciar a independência do clube».


No caso do Sporting, multa de 92 mil euros também «por celebrar dois contratos que permitiram a um terceiro influenciar a independência do clube, bem como por falhar o registo de um contrato de propriedade de terceiros existente no ITMS e por não entrar informações corretas e obrigatórias no ITMS [o sistema de transferências do organismo]».

O Benfica foi ainda multado em 12,5 mil euros por um negócio com o Celta de Vigo, que também foi multado em 54 mil euros.

O Benfica está a estudar a possibilidade de recorrer da multa de cerca de 125 mil euros imposta pela FIFA, depois de decisão do comité disciplinar em relação às transferências de André Gomes e Rodrigo para o Valência.

A FIFA entendeu penalizar as águias pelo facto de os passes terem sido negociados com a empresa Meriton Capital Limited, do milionário Peter Lim, investidor do clube espanhol, mas o Benfica considera que o facto de os negócios terem sido feitos em 2014 deve libertar o clube de qualquer tipo de sanção, pois a FIFA só em 2015 formalizou a proibição de participação de fundos em transferências desta natureza.


O Benfica explicou a situação em detalhe a A BOLA e foi também possível saber que os encarnados foram notificados da decisão a 2 de março e que aguardam ainda pelo acórdão, solicitado à FIFA a 9 de março.

André Gomes (15 milhões de euros) e Rodrigo (€30 milhões) geraram operação de €45 milhões de euros. A multa aplicada pela FIFA ao Benfica, de 150 mil francos suíços (os tais 125 mil euros pelo câmbio atual) refere-se a 75 mil francos por cada processo.

Também conhecida esta manhã foi uma multa de 15 francos suíços (cerca de 12.500 euros) respeitante à transferência de Nolito para o Celta de Vigo. Na origem da decisão da FIFA está o facto de o registo ter sido feito tardiamente.

O Benfica só fez o registo da transferência na data do pagamento da primeira parcela do negócio por parte do clube espanhol, o máximo organismo do futebol entende que deveria ter sido feito mais cedo, a 30 de junho de 2013 e não a 4 de julho, como aconteceu.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.