Benfica valoriza contratos de jovens da equipa B

api.slbenfica.ptAlém do salário, também a duração dos vínculos, que era até 2021, e as cláusulas de rescisão terão crescido. O central Rúben Dias e o extremo Diogo Gonçalves estão certos no plantel de Rui Vitória em 2017/18

Há muito que estava prometido e anteontem confirmou-se: Rúben Dias, Yuri Ribeiro e Diogo Gonçalves foram aumentados e viram reajustados os respetivos contratos que já tinham com o Benfica. Os três jogadores, internacionais sub-20 por Portugal e que estiveram no último campeonato do mundo, já tinham a maioria dos pormenores acertados há vários meses, mas só na última sexta-feira tudo ficou definitivamente fechado.

As negociações com o central Rúben Dias e o extremo Diogo Gonçalves estavam já em fase final, com o acordo entre Benfica e a Gestifute, empresa de Jorge Mendes, preso por um fio. A eles, confirma-se agora, junta-se o defesa-esquerdo Yuri Ribeiro, também aposta de futuro das águias. Na perspetiva da SAD encarnada, esta é uma forma de premiar o desempenho dos jovens, todos com 20 anos, ao longo das últimas temporadas. Nesta renegociação contratual, e além da melhoria salarial, os atletas terão visto aumentar também a duração dos vínculos, que eram até 2021, assim como houve um incremento das cláusulas de rescisão.

Rúben Dias e Diogo Gonçalves têm via aberta para integrar o plantel principal dos encarnados na nova temporada. No caso do defesa-central, capitão da equipa B do Benfica, ganhou espaço com a transferência de Lindelof para o Manchester United e vai discutir uma vaga com Luisão, Jardel, Lisandro e Kalaica. Quanto a Diogo Gonçalves, também será um dos seis jovens vindos da formação que Luís Filipe Vieira prometeu promover em 2017/18 ao plantel sénior. Já Yuri Ribeiro tem caminhos tapados por Grimaldo, Eliseu, Hermes e, provavelmente, Ailton, do Estoril. O empréstimo do defesa-esquerdo é um cenário em cima da mesa.

Leave a Reply