Eliseu só pensa em ganhar e chegar à final da Taça das Confederações

65288Eliseu assegurou este domingo que a seleção portuguesa mantém a expectativa de chegar à final da Taça das Confederações, seja qual for o adversário na meia-final.

“Independentemente do adversário, as expectativas são sempre as mesmas, de ganhar, e esperamos que sejam umas grandes meias finais e vamos estar preparados para chegar à final”, afirmou o defesa do Benfica, em declarações à assessoria de comunicação da Federação Portuguesa de Futebol.

Portugal qualificou-se no sábado para as meias-finais da Taça das Confederações, ao vencer o Grupo A, e vai defrontar, na quarta-feira, em Kazan, o segundo classificado do Grupo B, cujos derradeiros jogos são hoje disputados, casos do Chile-Austrália e do Alemanha-Camarões.

Eliseu deu ainda conta da satisfação com a goleada imposta à Nova Zelândia, por 4-0.

“Acho que a prestação foi muito boa, conseguimos o resultado que queríamos, que era a vitória e terminar em primeiro lugar. Acho que a equipa está de parabéns”, referiu.

O lateral, que substituiu no onze o lesionado Raphaël Guerreiro, reconheceu que a jogada que resultou no segundo golo luso, da autoria de Bernardo Silva, estava ensaiada.

“Quando vi que a bola estava com o Quaresma, sabia que ele ia para dentro ou tentar fazer o passe para as costas do adversário. Apercebi-me que tinha espaço e só tinha de arrancar, ele meteu-me a bola e a jogada saiu naturalmente. Foi uma jogada muito rápida, na qual tínhamos poucos segundos para decidir e acho que decidi bem, deu golo, que era o mais importante”, rematou.

No dia após o triunfo frente aos neozelandeses, a equipa das quinas cumpriu recuperação no hotel, em São Petersburgo, onde vai voltar a treinar na segunda-feira, às 10H30 locais (8H30 em Lisboa), após conferência de imprensa com um jogador, às 9H45 (7H45).

A seleção nacional viaja depois para Kazan, onde empatou com o México (2-2), na estreia na competição, às 16H15 (14H15).

Leave a Reply