Marselha quer reformular plantel em torno de… Pizzi

pizziestoril2

Vários têm sido os jogadores do Benfica alvo de cobiça de alguns colossos europeus ou emblemas endinheirados e nessa lista encontra-se Pizzi, que está no radar do Marselha, depois de também já ter sido apontado ao Mónaco. Os marselheses têm o médio dos encarnados no topo do rol de potenciais reforços, na sequência das observações que foram feitas por um emissário do clube durante a última temporada.

O enviado do Marselha, segundo foi possível apurar junto do clube francês, elaborou relatórios muito positivos sobre o jogador de 27 anos, rematando o documento com uma espécie de carimbo a letras gordas a apontar a sua análise: “A contratar”. Este dossiê foi entregue ao novo diretor desportivo do clube, o espanhol Andoni Zubizarreta, que terá agora a responsabilidade de decidir, com o aval do treinador, Rudi Garcia, avançar ou não com uma proposta pelo médio.

Bem referenciado pelo emissário do Marselha, que assistiu de forma oficial aos jogos com Nápoles (a 6 de dezembro) e Marítimo (a 14 de abril), mas que esteve em mais partidas sem que constasse da lista de olheiros, Pizzi tem sido notícia nos últimos dias pela existência de uma proposta dos marselheses. Ainda ontem, foi revelada uma oferta de 15 milhões de euros, recusada por Luís Filipe Vieira, que quererá 25 milhões. Segundo foi possível apurar, o líder encarnado ainda não foi confrontado com a oferta, mas este é um cenário que poderá tornar-se realidade a breve prazo.

Pizzi está no topo das prioridades para a reformulação do plantel do Marselha, que terminou a última época em quinto lugar na Ligue 1. E capacidade de investimento não falta, principalmente depois de o clube ter sido comprado por Frank McCourt, um empresário americano que possui uma equipa profissional de basebol nos Estados Unidos.

A temporada que protagonizou ao serviço do Benfica, a importância que teve na dinâmica do coletivo de Rui Vitória valorizou inevitavelmente Pizzi.

Por isso, a cobiça pelo médio era inevitável e depois de ver o seu nome associado ao Mónaco foi a vez do Marselha tentar convencer a SAD a libertar o jogador com uma proposta a rondar os 15 milhões de euros.

Verba que não chegou para início de conversa, já que o Benfica apenas se senta à mesa das negociações a partir dos 30 milhões de euros, montante que considera justo para negociar um jogador nuclear.

Leave a Reply