Benfica reage com indignação ao titulo roubado no Hóquei Patins

ng4209516O Benfica reagiu com indignação às incidências do `derby´ de hóquei em patins com o Sporting, cujo desfecho – empate a cinco golos – impediu os encarnados de se sagrarem tricampeões nacionais.

«Em pista dois conjuntos fortes em termos coletivos e com boas individualidades… e com o Benfica a depender somente de si próprio para se sagrar Tricampeão Nacional… e tinha-o sido não fossem influências de terceiros! A 23 segundos do final, João Rodrigues faz o 6-5, golo validado pelo árbitro, e o Benfica era Tricampeão Nacional. Quando já se festejava, o árbitro voltou atrás na decisão, invalidou o golo – limpinho!!! – de forma inexplicável e o jogo terminou com um empate a cinco bolas», lê-se no site oficial do clube da Luz.

«Com este resultado, o SL Benfica termina o Campeonato Nacional na 2.ª posição, e vê o FC Porto sagrar-se Campeão Nacional. Um Campeonato que ficará na História, manchado por uma decisão inexplicável da equipa de arbitragem que, a 23 segundos do apito final, retirou o 24.º título ao Glorioso», acusam os encarnados.

O Benfica reforçou ainda nas redes sociais a indignação com a arbitragem do `derby´ com o Sporting, insurgindo-se contra o golo anulado nos últimos segundos que poderia ter dado o tricampeonato aos encarnados.

«Não é um golo mal anulado… é um campeonato!», lê-se na conta do Twitter do clube, mensagem acompanhada do vídeo do polémico lance.

Pedro Nunes, treinador da equipa de hóquei em patins do Benfica, não calou a revolta com o golo invalidado aos encarnados nos segundos finais do jogo com o Sporting.

«Reagimos tarde de mais, mas por aquilo que fizemos no final, e porque marcámos um golo… E é bom que as pessoas percebam as regras: não se pode meter golos com o corpo, mas nada impede que a bola bata no corpo e entre. Nas palavras do João Rodrigues, a bola bateu no corpo do João Pinto», relatou, em declarações à TVI 24.

Não obstante o objetivo falhado, Pedro Nunes mostrou-se orgulhoso dos jogadores que orienta.

«Isto é o Benfica, a lutar até ao fim para ser tricampeão. Não conseguiu. Nada tenho a apontar aos jogadores, foram enormes do princípio ao fim, enalteceu, antes de apontar o dedo à arbitragem:

«Cumprimentar o novo campeão nacional, foi uma grande época de hóquei em patins, mas há uma coisa que, na minha perspetiva, tem de evoluir: a arbitragem. Numas vezes o Benfica foi beneficiado, noutras terá sido prejudicado, mas um erro de análise a nove segundos do fim pode ter muita influência na atribuição do título nacional.»

«Parabéns ao Sporting e a esta excelente moldura humana, num pavilhão que não tem as condições a que estamos habituados», rematou.

Leave a Reply