Vieira vai lançar projeto “Universidade Benfica”

api.slbenfica.ptEmails à parte, isto é que são notícias de interesse público. O presidente do Benfica, Luis Filipe Vieira, volta a surpreender a nação benfiquista, e não só, com mais um projeto arrojado e inédito no mundo desportivo. O projeto em mãos, passa por construir uma universidade no espaço do Seixal, onde os atletas encarnados possam seguir a via académica sem prejuízo da desportiva.

Este projeto, que é para avança em breve, mostra a capacidade desta direção de reinventar sempre novos objetivos e fazer crescer cada vez mais o nosso já enorme clube.

Como “homem-forte” para este projeto, Vieira já escolheu o parceiro ideal para orientar o nascimento da universidade. O Benfica estava a equacionar a contratação de Pedro Mil-Homens, pois vê no professor universitário o perfil indicado para liderar este novo projeto dos encarnados. O docente, de 58 anos, que tem colaborado pontualmente com o clube, é doutorado em Ciências do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana. Em 1997, assumiu a função de diretor do Estádio Universitário de Lisboa, um cargo que exerceu até 2000, quando foi convidado para a Academia Sporting. Passou uma década em Alcochete até ser convidado para a administração da SAD leonina, onde colaborou com o antigo presidente Filipe Soares Franco e José Eduardo Bettencourt. Em 2013 deixou Alvalade e voltou a exercer a função de professor universitário.

 

Nuno Alexandre Costa

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.