Lance de agressão de Samaris com novo enquadramento no Conselho de disciplina da Liga

AgressãoSamarisOs novos regulamentos da Liga, aprovados anteontem, em Assembleia Geral, produziram uma série de alterações e uma delas prende-se com a figura do Processo Sumário e da base para a instauração do mesmo.

A partir de agora, um caso como o de Samaris (agressão a Diego Ivo, do Moreirense) terá outra abordagem. A Comissão de Instrutores (CI) da Liga passará obrigatoriamente a elaborar ato de flagrante delito, independentemente da infração que estiver em causa, ao contrário do que se passou no passado recente.

Recorde-se que a CI declarou-se incompetente para fazê-lo após a denúncia do Sporting porque os leões basearam-na como ato de flagrante delito que abrange infrações disciplinares leves e punição igual ou inferior a um mês, o que não era aplicável, dado tratar-se de uma infração grave ou muito grave (mais de quatro jogos), o que obrigou o Conselho de Disciplina da FPF a abrir processo disciplinar. No entretanto, o médio foi jogando graças aos recursos.

Leave a Reply