Vieira avalia Lindelof em 60 milhões contra os 45 oferecidos pelo Manchester United

maxresdefaultBenfica e Manchester United voltaram a discutir, na semana passada, a transferência de Victor Lindelof. O interesse dos red devils no defesa-central de 22 anos não é novo mas as posições dos clubes ainda estão distantes para que se possa antecipar um entendimento em breve. Há, no entanto, margem para um entendimento, apesar de o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, ter fixado bem alta a fasquia – leia-se valor em milhões de euros – para libertar o internacional sueco.

Vieira espera faturar €60 milhões com a transferência de Lindelof, depois de ter chegado a acordo por €4 milhões com o Vasteras, clube de origem do sueco, que reclamava 20 por cento de uma futura transferência e bónus pelo desempenho do jogador. É um valor astronómico para um defesa-central – basta lembrar que o PSG pagou €50 milhões para contratar David Luiz, que regressou aos londrinos por €35 milhões – mas o líder das águias está convencido de que algum clube poderá, pelo menos, aproximar-se dele.

E o Manchester United voltou a manifestar interesse no central durante a passagem de Vieira por Manchester, na semana passada, dia 20, por ocasião da segunda mão dos quartos de final da Liga Europa entre os red devils e o Anderlecht. O clube de José Mourinho está pronto a avançar com €45 milhões. Foi essa, aliás, a verba que bateu no último dia do mercado de transferências de Inverno, 31 de janeiro, quando Vieira esteve em Inglaterra em negociações. Mas, na altura, o presidente das águias preferiu manter o defesa, tendo em contra a prioridade em conquistar o tão desejado tetra. Por outro lado, a saída de Gonçalo Guedes para o PSG (€30 milhões) e a venda em definitivo de Hélder Costa (€16,2 milhões) ao Wolverhampton deram algum conforto financeiro às águias. Vieira acredita que pode vender Lindelof por um valor recorde – e a habilidade do sueco em marcar livres diretos reforça essa convicção.

Leave a Reply