Benfica à conquista dos milhões chineses

chinaNa entrevista concedida ao jornal Record no passado dia 4, o administrador executivo da SAD, Domingos Soares de Oliveira, reconheceu que o Benfica “não foi o primeiro clube” a chegar à China, mas revelou a intenção de obter receitas na casa das “dezenas de milhões de euros”.

“Nós não definimos uma meta pois ainda estamos a fechar parcerias com empresas chinesas, mas estou certo de que podemos alcançar receitas na casa das dezenas dos milhões de euros geradas no mercado chinês”, assegurou o dirigente que ainda assinalou a especificidade do mercado oriental: “A mentalidade chinesa é muito virada para a marca, mas eles também ligam muito ao ‘saber fazer’ e, nesta área, estamos tão à frente como os melhores ou ainda mais.”

Domingos Soares de Oliveira ainda chamou a atenção para a importância dos sucessos “na Youth League e no futebol de formação” que estão a ser alcançados pelas águias.

O Benfica já está representado na China com a presença na rede social Weibo, exclusiva daquele país, sendo que tem como embaixador… Yu Dabao. O avançado, de 28 anos, que esteve ligado ao Benfica entre 2006 e 2009 e que representa, agora, o Beijing Guoan, deu a cara pelo clube na referida rede social, que, recorde-se, transmitiu em direto a partida entre Benfica e Torino a contar para a Eusébio Cup, na última pré-temporada. A parceria com a empresa de telecomunicações Huawei foi outro passo rumo à internacionalização.

Atualmente, o Benfica já tem 12 escolas de futebol na China, 10 situadas na cidade de Hangzhou, e mais duas em Chongqing, que foram inauguradas no passado mês de setembro. No total, os treinadores do clube encarnado já são responsáveis pela formação de um milhar de crianças, um número que vai aumentar a curto prazo.

Os responsáveis do clube encarnado estão satisfeitos com os primeiros resultados e, num futuro próximo, é esperada a abertura de novas academias em outras cidades chinesas.

Quem está encarregue de gerir o projeto chinês do Benfica é Silveira Ramos. O antigo diretor técnico da FPF vai coordenar o projeto dos encarnados naquele país asiático.

Leave a Reply