“Jogo da mala” esteve na Luz para tentar tirar Pizzi no dérbi

400476_galeria_benfica_x_maritimo_liga_nos_2016_17_campeonato_jornada_29.jpgFoi acalorado o final da primeira parte do Benfica-Marítimo e o regresso das equipas aos balneários, sobressaindo, entre vários focos mais quentes, a proteção que Ederson proporcionou a Pizzi. Com o maritimista Edgar Costa a discutir com o médio encarnado, foi o guarda-redes a intrometer-se entre os dois jogadores e a afastar o camisola 21 das águias, que corria o risco de, vendo um cartão amarelo, ficar excluído do dérbi com o Sporting, a exemplo do próprio Ederson.

Em paralelo, e depois de vários assistentes de recinto terem corrido para a zona do túbel, o mesmo Edgar Costa e o técnico Daniel Ramos dirigiram-se ao árbitro, seguindo-se Lourenço Coelho, diretor-geral da SAD encarnada, que também trocou algumas palavras com Nuno Almeida.

No seguimento destes episódios, no regresso para a segunda parte e antes do seu recomeço, o árbitro conversou com três jogadores do Marítimo – Edgar Costa, Raul Silva e Fransérgio -, supostamente a pedir maior tranquilidade para a segunda parte.

Estranha-se tal atitude dos jogadores insulares, nomeadamente de Edgar Costa, pois parece ter como missão única “sacar” um cartão a Pizzi que o impedisse de alinhar no dérbi. mais inteligente que o adversário, o médio das águias manteve a tranquilidade possivel com a ajuda de Ederson.

Leave a Reply