O que disseram as celebridades no “Red Carpet”

api.slbenfica.ptNo red carpet à entrada do Campo Pequeno, várias celebridades que ajudaram a construir a história do Sport Lisboa e Benfica falaram com a BTV antes do início da Cerimónia de Entrega dos Galardões Cosme Damião.

Leia abaixo as intervenções:

Alcino António, vice-presidente do SL Benfica

“Um Benfica crescido, rejuvenescido. Espero que o Benfica siga pujante e jovem, pois só assim poderá continuar a crescer com Mística”

José Eduardo Moniz, vice-presidente do SL Benfica

“Desejar que o resto da época nos corra muito bem, porque até agora temos estado à altura daquilo que são as nossas responsabilidades. As pessoas estão satisfeitas, estão felizes e vivemos aqui o ambiente de uma grande instituição: confiante, forte, sólida, com pergaminhos, que não tem medo do futuro e que está preparada para aguentar com todos os desafios que surjam pela frente”

Manuel Vilarinho, antigo presidente do SL Benfica

“Isto é um vício, uma paixão, uma coisa de que nós gostamos muito e nestes momentos não há palavras para referir apenas que é uma história gloriosa, com muitos títulos”

Gaspar Ramos, antigo dirigente do SL Benfica

“É um orgulho pertencer a esta Família e foi um orgulho enorme servir o Benfica. Gosto muito de estar aqui a festejar mais um momento da história do Benfica”

José Manuel Antunes, antigo dirigente do SL Benfica

“O Benfica é enorme. Estive sempre ligado ao Clube, fui dirigente durante seis anos. Acordo e penso no Benfica a toda a hora”

Toni, antigo jogador e treinador

“Este é um dia muito especial, pois festejamos o 113.º aniversário do Benfica. Um Clube de uma dimensão universal, algo feito com o sacrifício de muitos: jogadores, treinadores, dirigentes e muitos outros. Todos ajudaram a fazer a história de um Clube centenário”

Nuno Gomes, antigo jogador e diretor geral do Caixa Futebol Campus

“Estamos orgulhosos por aquilo que tem sido feito nos últimos anos. Os adeptos estão com a equipa, estão com a direção, estão contentes pelo trabalho que tem sido desenvolvido e a noite serve para premiar algumas pessoas que na época passada se evidenciaram mas serve também para premiar toda uma estrutura, desde jogadores, equipas técnicas e colaboradores, que é uma estrutura muito grande, e que é uma máquina que está a pôr a funcionar este Benfica que cada vez maior”

António Simões, antigo jogador

É um dia para festejar, para celebrar. São 113 anos de existência com muito afeto, grandeza enorme, daquilo que é o poder associativo. É um orgulho imenso, não só porque me parece ter a legitimidade de dizer que pertenço a esta Família”

Humberto Coelho, antigo jogador e vice-presidente da FPF

“Acho que é uma longa e bonita história, e que muitas pessoas são responsáveis por ela. Esta Cerimónia é uma homenagem a jogadores, treinadores, dirigentes e funcionários”

Veloso, antigo jogador

“É um facto histórico do qual eu também faço parte. Joguei cá desde os 15 anos e estive mais alguns como treinador. Também faço parte da história como muitos outros e estar a festejar o 113.º aniversário com tantas pessoas que conheço há tantos anos é fantástico”

Valdo, antigo jogador

“A tendência do Benfica é crescer cada vez mais. São vários os jogadores que passaram e que ainda são referência no Benfica. Eusébio, António Simões… É quase impossível acabar com esta magia, com esta febre chamada Benfica”

João Rodrigues, antigo presidente da Federação Portuguesa de Futebol

“Vejo o meu Clube como o maior do País. Muito prestigiado, reconhecido e que tem ganhos muitos títulos. Estamos a honrar quem fundou este Clube”

Leave a Reply