Bernardo Silva triste por nunca ter representado o Benfica como sonhava

2262106_w2Em Portugal para integrar os trabalhos da Seleção Nacional, Bernardo Silva voltou a falar sobre a saída do Benfica, no verão de 2014, para representar o Mónaco.

«Não sinto mágoa com Jorge Jesus. É verdade que me sinto um bocadinho triste por nunca ter representado o Benfica como queria e sempre sonhei. Joguei doze anos no Benfica, desde os 7 até aos 19, e o meu objetivo sempre foi chegar à equipa principal», realçou o jogador de 22 anos.

«Quando se passa por isto e não se tem oportunidades quando se chega à equipa principal, obviamente que ficamos tristes. Foi uma época que já passou. Felizmente tomei uma boa decisão e está tudo a correr muito bem», congratulou-se.

Bernardo Silva aplaude a aposta nos jogadores `made in Seixal´ desde a chegada de Rui Vitória.

«O Benfica, com Rui Vitória, tem apostado mais na formação e saíram vários jogadores nos últimos dois anos com ele. Talvez, se tivesse ficado mais um ano e tivesse sido treinado por Rui Vitória, teria conseguido as minhas oportunidades e chegaria à equipa principal do Benfica», admitiu.

Já sobre a próxima jornada portuguesa, Bernardo Silva diz não ter dúvidas de que o clássico entre Benfica e FC Porto, marcado para 1 de abril, no Estádio da Luz, será «muito importante» nas contas do título.

«Não sei se será decisivo, mas sei que vai ser muito importante para as duas equipas. Quando os dois da frente jogam a oito jornadas do fim, é sem dúvida um jogo muito importante para o desfecho do Campeonato», avaliou o antigo jogador dos encarnados.

A vitória seria um passo importante quer para águias quer para dragões.

«O Benfica, estando em primeiro, se ganhar dá um passo muito grande para a conquista do título. O FC Porto, se ganhar, também dá um passo muito importante pois o Benfica ainda terá de ir a Alvalade, um jogo sempre muito complicado», realçou Bernardo Silva.

Leave a Reply