Águias satisfeitas mas realistas no fim do jogo

388991_galeria_benfica_x_borussia_dortmund_liga_dos_campeoes_2016_2017_oitavos_de_final_1_mao-jpgO Sport Lisboa e Benfica colocou-se esta noite de terça-feira em vantagem na 1.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, após vencer o Borussia Dortmund, por 1-0.

O golo foi apontado já na segunda metade, por Mitroglou, um golo muito importante que as águias levam na bagagem para a 2.ª mão. Esta disputa-se no dia 8 de março, no Signal Iduna Park, em Dortmund.

No final do encontro, Pizzi, Filipe Augusto e Ederson analisaram as principais incidências, realçaram a importância da vantagem e enalteceram o espírito do coletivo.

“Tentámos não sofrer golos, pois sabemos que o Dortmund é uma grande equipa, e isso era muito importante. Soubemos sofrer, mas estamos de parabéns, pois vamos à Alemanha com a vantagem de um golo sem nenhum sofrido. O Ederson fez uma excelente exibição, mas é de referir toda a entreajuda da equipa. Sabemos as dificuldades que vamos encontrar, também pelo ambiente, mas agora é tempo de celebrar esta vitória”, explicou Pizzi.

Filipe Augusto chegou ao Clube no mercado de inverno e esta noite estreou-se de águia ao peito na Champions.

“Este é um dia que qualquer jogador sonha realizar. Estou muito feliz pela minha estreia, mais ainda com a vitória da equipa, uma vitória importantíssima para o nosso objetivo. Enfrentámos uma equipa com grandes jogadores, acostumada a este tipo de jogos mas provámos que temos hipóteses para passar. Os meus desejos? São os mesmos que qualquer benfiquista: fazer bons jogos, ganhar e ganhar títulos”, disse.

Ederson foi o homem do jogo, rubricando uma enorme exibição!

“Tal como dissera na antevisão, foi um jogo muito difícil, frente a um Borussia de grande qualidade, num jogo em aberto, com oportunidades. Soubemos aproveitar e fui feliz por poder ajudar a minha equipa. Fomos fortes tivemos de baixar as linhas mas mostrámos que estávamos preparados. Não sou acomodado, estou tranquilo e não me deslumbro. Como é que se defende um penálti? Concentração, estudar o adversário e frieza”, afirmou o guardião brasileiro.

Leave a Reply