Produto “Made in Seixal”em destaque por essa Europa fora.

thumbs-web-sapo-iorO trabalho efetuado na academia benfiquista, tem sido de enorme visibilidade nos últimos dias. Já são sabidos os êxitos que diversos atletas saídos da “cantera” encarnada, com destaque para o que vão exibindo por diversas ligas europeias, mas desta vez é a própria UEFA a destacar dois desses jogadores.

O organismo máximo do futebol europeu elegeu esta semana anterior ao natal, o onze ideal dos melhores jogadores jovens de 2016. Para a UEFA, Renato Sanches (agora no Bayern Munique) e o ainda benfiquista Victor Lindelof, figuram nesta lista.img_770x4332016_12_24_10_50_18_1200537

De destacar também nesta lista o português Raphael Guerreiro, que recentemente assumiu o seu benfiquismo e o desejo de um dia vestir o “manto sagrado”. O portista André Silva também cabe neste onze.

No capítulo do mercado que se aproxima, há também lugar a alguns destaques das pérolas do Seixal. Uma vez mais surge Lindelof neste leque, com a tão propalada eventual transferência para o Manchester United de José Mourinho.

Quem também deve estar a caminho da Premier League, deverá o guarda-redes esloveno Oblak. Transferido do Benfica para o Atlético Madrid há duas temporadas atrás, o jovem guardião pode ser o substituto de Courtois no Chelsea. Na divisão inferior inglesa (Championship) os emprestados Hélder Costa e João Teixeira são desejados a título definitivo pelo Wolverhampton. As suas exibições têm enchido as medidas aos adeptos e dirigentes ds “Wolves”, pese embora o clube britãnico tenha poucas chances financeiras de convencer Benfica e atletas a ficar.

No mercado espanhol existe também uma transferência que está na boca de “nuestros hermanos”. A imprensa espanhola dá como certa a transferência de João Cancelo no Valência para o Barcelona de Messi, Neymar e Suárez. Caso se confirme, irá encontrar no plantel outro ex-benfiquista formado no Caixa Futebol Campus. André Gomes já por lá anda desde o início desta temporada vindo também do clube Che.

Quem está também na calha para o final da temporada, são nomes como Ederson e Nélson Semedo, ou ainda Gonçalo Guedes. Inglaterra, França, Espanha, Alemanha e Itália são destinos prováveis para qualquer um destes dois.benfica

As grandes ligas europeias estão assim de olho nas jóias formadas pelas águias, e muitos milhões podem “chover” na Luz nos próximos meses. Mesmo dos que já sairam, pois ao Benfica será devido um valor sobre a sua formação. O “produto” benfiquista parece estar na moda, depois dos tubarões europeus terem descoberto este filão no Seixal. Produto este que vai-se comprovando da sua qualidade com os prémios e destaques pelos organismos e imprensa internacionais.

Nuno Alexandre Costa

Leave a Reply